6 Atitudes que Detonam o Marketing Boca a Boca

Camila Kluppel Marketing Boca a Boca Leave a Comment

Não basta elaborar uma ação criativa e esperar que as pessoas saiam falando bem de você por aí. Marketing boca a boca está diretamente ligado a reputação, experiência, surpresa, empatia, cuidado com os detalhes. É preciso fazer a lição de casa.

O marketing boca a boca acredita no atendimento surpreendente, que exceda as expectativas das pessoas, que gere tanto encantamento que faça com que ela queira contar, compartilhar, ajudar a empresa a vender.

É possível obter marketing boca a boca espontaneamente. Para isso é preciso criar reputação e experiências memoráveis para o cliente. O resultado do marketing boca a boca pode ser estimulado e potencializado significativamente por meio de estratégias inteligentes e bem planejadas, que considerem o comportamento do público e seus anseios.

O grande problema é que vemos por aí muitas empresas que não entregam o mínimo. Que tratam o cliente como um qualquer e não conseguem expressar a importância que ele tem.

Todos os dias empresas trabalham contra o marketing boca a boca e nem se dão conta disso. Pelo contrário, provocam reações negativas em seus clientes e dão motivos para que eles saiam divulgando a má experiência com amigos e nas redes sociais.

Por isso separei algumas atitudes comuns no ponto de venda e que acontecem todos os dias em inúmeras empresas. Estes comportamentos atrapalham e assassinam qualquer ação de incentivo ao marketing boca a boca.

  • Atitude de indiferença, cansaço e falta de ânimo

O cliente geralmente gosta de relatar uma situação que o surpreendeu. Quando ele percebe indiferença e falta de ânimo no atendimento não se sente valorizado pela empresa e acaba saindo decepcionado.

  • Não percebe interesse no atendimento

Nada pior do que aquele vendedor que parece estar fazendo um favor para o cliente. Muitas vezes o cliente quer comprar, mas o vendedor parece não querer vender ou não acreditar no potencial do cliente.

  • Cliente sente-se perseguido pelo atendente

Por mais diferentes que sejam os perfis dos consumidores, ninguém gosta de um atendimento invasivo e desconfiado. Esta é a receita certa para espantar qualquer pessoa da sua loja.

  • Cliente sente que está incomodando

Conversas paralelas, outros afazeres, limpeza e organização da loja. Os motivos podem ser muitos e quase é necessário pedir desculpas para conseguir a informação desejada. Isso com certeza não é uma atitude muito favorável para a venda.

  • Falta de profissionalismo e de um ambiente agradável

Cuidado com a empresa que parece mais a “casa da mãe Joana” do que um ambiente profissional. Se a pessoa não se sentir bem no ambiente vai querer sair dali o quanto antes.

  • Cliente não é ouvido, é interrompido ou tratado sem cordialidade

Falta de atenção e empatia não dá. Educação é coisa básica e é de graça. É o mínimo que se espera de alguém que quer conquistar uma venda.

Estes são alguns dos motivos mais comuns e mais impactantes pela insatisfação do cliente durante o atendimento. Para quem quer ter um bom relacionamento com seus clientes atendimento é requisito básico, é obrigação.

Se sua empresa tem um atendimento surpreendente, parabéns! Você está no caminho certo.

Porém, se você identifica na sua equipe de vendas alguns dos comportamentos relatados acima, faça alguma coisa urgentemente. Pois é muito provável que você esteja eliminando a possibilidade de ser recomendado por seus clientes.